WeCreativez WhatsApp Support
Nossa Equipe está aqui para responder às suas perguntas.
Oi, como podemos ajudar?

Empresas brasileiras pretendem investir USD 260 milhões na produção de açúcar e álcool no Paraguai

Empresa brasileira MARSEG duplicará produção em 2011 no Paraguai
18 de noviembre de 2010
Descoberta maior jazida de titânio do mundo nas proximidades de Cidade do Leste.
18 de noviembre de 2010
açúcar e álcool

açúcar e álcool

Serão criadas três novas usinas de álcool e açúcar na região do Alto Chaco, próxima de Mato Grosso do Sul.
Estas usinas processarão 14 milhões de toneladas anuais de cana de açúcar, que serão plantadas em 150.000 há da nova fronteira agrícola paraguaia, até o momento quase desconhecida.
O investimento será feito por empresários da região de Ribeirão Preto, os quais já possuem uma moderna usina nas imediações de Ponta Porã, fronteira entre os dois países.

Na atualidade, o cultivo de cana alcança 95.000 há no Paraguai, com uma produção pouco maior a 6 milhões de toneladas ao ano.

A baixa produtividade deve-se ao fato de o Paraguai ser o maior exportador mundial de açúcar orgânico. Portanto, a maior parte dos seus cultivos não sofre melhorias de produtividade através de fertilizantes e outros agroquímicos.

Recentemente, o país voltou a dinamizar a produção de etanol, sendo que o mercado local já absorve 130 milhões de litros anuais do combustível.

Entretanto, as oito plantas existentes podem produzir 270 milhões de litros ao ano, faltando somente mercado seguro para o aumento do plantio e de produção.

Com a chegada de grandes grupos brasileiros, o Paraguai terá aberto o mercado internacional, além do próprio mercado brasileiro, podendo tornar-se um dos maiores exportadores de combustível ecológico.
Só a área apta e não utilizada para a cana de açúcar supera 500.000 há.

Comments are closed.