WeCreativez WhatsApp Support
Nossa Equipe está aqui para responder às suas perguntas.
Oi, como podemos ajudar?

Desemprego no Paraguai cai a 7,1% na Área Metropolitana de Asunción.

Indústria brasileira aumenta em 14% exportações ao Paraguai
18 de agosto de 2011
Integração Brasil-Paraguai é destaque em Maringá
12 de septiembre de 2011

Desemprego cai 7,1%

Desemprego cai 7,1%

Renda média do trabalhador chega a R$ 1.050,00 mensais.

Continuando com um crescimento médio de 7%, estimado para 2011, a economia paraguaia reduziu a taxa de desocupação aberta ao menor índice desde 2003, tomando-se em conta a Área Metropolitana de Asunción, onde encontram-se um terço dos trabalhadores do país.

Além disso, caíram as taxas de sobocupação visível, a apenas 5%, e de trabalhadores por conta própria.

Estes fatores são resultado ta continua industrialização do país, e também do avanço das áreas de construção e do setor terciário, puxados por um aumento dos créditos de 35% nos primeiros seis meses do ano.

Renda real do trabalhador supera a do Brasil

Levando-se em conta a diferença de custo de vida nos dois países, a renda média real do trabalhador paraguaio chega a R$ 1.650,00 mensais, superior à do trabalhador brasileiro.

Este fator, somado ao aumento dos ocupados e ao crescimento dos créditos, vem fortalecendo a cada mês o consumo das famílias paraguaias, grande responsável pela alta taxa de crescimento do Produto Interno Bruto nos últimos anos.

Comments are closed.