WeCreativez WhatsApp Support
Nossa Equipe está aqui para responder às suas perguntas.
Oi, como podemos ajudar?

Brasileiros investirão USD 140 milhões em planta de açúcar

II Expo Moda Paraná-Paraguay
18 de agosto de 2011
Vendas no cartão de crédito devem superar USD 1,4 bilhões em 2011
18 de agosto de 2011

Açucar

Açucar

Empreendimento será financiado pelo BNDES

O anúncio foi feito no dia 12 de agosto, durante ato celebrado na sede da União Industrial Paraguaia do Departamento (estado) de Guairá, a 178 km de Asunción.

A nova planta, que contará com capital brasileiro, será totalmente financiada pelo BNDE, e terá capacidade de moer 5.000 toneladas diárias de cana de açúcar.

A matéria prima será fornecida pelos sócios da Cooperativa Carlos Pfannl, da localidade guairenha de Colônia Independência, demandando o investimento de 12.000 hectares de matéria prima.

Quando pronta, a usina dará trabalho a 3.000 pessoas, sendo 600 na planta industrial.

Capital do açúcar

O Departamento de Guairá, cuja capital é Villarrica,  especializou-se, desde o inicio do século XX, na cultura de cana de açúcar.

Mais de 70% da produção paraguaia de açúcar, e 50% da produção de álcool combustível, são produzidos neste Departamento.

Em 2010, o Paraguai produziu aproximadamente 8 milhões de toneladas de cana de açúcar, representando um crescimento de 158% sobre o ano de 2001.

Só em álcool combustível foram produzidos 160 milhões de litros, além de 270.000 toneladas de açúcar, principalmente orgânico.

Entretanto, o potencial ainda é inexplorado, levando-se em conta que existem no país 500.000 há de terras aptas à canicultura ainda inexplorados.

Maior exportador mundial de açúcar orgânico

No inicio deste século, empresas paraguaias descobriram o nicho inexplorado do açúcar orgânico, tanto na Europa, como EUA, e passaram a especializar-se na produção deste produto, fazendo com que o país se tornasse o maior exportador mundial do produto, com preço até 40% superior ao do açúcar convencional.

Nos últimos anos, com o crescimento do setor automobilístico local, que incorpora anualmente 230.000 motocicletas e 76.000 automóveis, vem crescendo aceleradamente o consumo de álcool combustível, seja puro, ou através da mistura com a gasolina, fazendo com que aumente significativamente o consumo desde combustível no país.

Os planos, entretanto, são de tornar o Paraguai um dos principais exportadores de álcool a nível mundial.

Fonte: Revista Enfoque Económico

Comments are closed.